Posted by : Allan Andrade 18 de junho de 2013


 
   Visto que foi anunciado um jogo de mundo aberto baseado no ambiente, enredo e nome do filme dirigido por George Miller: Mad Max , decidi assistir a esse clássico lançado no ano de 1979 estrelado por Mel Gibson com a finalidade de "estar por dentro" quando o Game for lançado.

   A história de Mad Max se passa em “um futuro não muito distante” (como é dito nos primeiros minutos de filme).
   A polícia (ou Bronze como são chamados, por causa de seus distintivos) enfrenta diariamente gangue de motoqueiros que espalham a desordem pelas estradas desérticas que nos é mostrado no filme.
  O filme começa com uma perseguição de carros cheia de adrenalina e a tarefa de capturar o bandido "Night-Rider" que escapou da prisão e roubou um carro policial, recai sobre Max, que ouvia a transmissão pelo rádio.
   Max Rockatansky é o destemido policial que enfrenta as situações mais difíceis e pela maneira como nos é apresentado dá a certeza de que ele é o cara.
   Assim que Max entra em cena, as coisas não acabam bem para o bandido.
   O incidente faz com que a o Líder da gangue de Night-Rider junto com grupo cheguem a cidade a fim de buscar o corpo do motoqueiro.
   A gangue seguia roubando, amedrontando e até mesmo estuprando a quem bem entendessem. Até que mexeram com a família (Mulher e filho) de Max que assume então uma personalidade vingativa para seguir em frente.

   O filme teve classificação para 18 anos o que não ocorreria de maneira alguma se fosse lançado nos dias atuais. É um dos filmes de baixa renda que lucraram muito acima do esperado. Tenho que assumir que não achei taaaanta graça na longa metragem como muitas pessoas que o assistiram acharam. Mas posso entender como esse filme deve ter chamado atenção no ano de lançamento. Temos aqui um filme inovador de perseguição com muita ação (Provavelmente a novidade do ano, visto que alguns filmes de sucesso foram: O último tango em paris, Monty Python, Taxi Driver e O poderoso chefão, que não possuiam tanta ação assim).
   A meu ver é um filme de nota 6/7 de 10.
   Pretendo ver suas continuações em breve...
   Então é isso. Até a próxima análise

   ~ASA OUT~


Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © A Jornada - Hatsune Miku - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -